• Quadoo

4 dicas incríveis para arquitetura de escritórios de advocacia

Atualizado: 23 de Jun de 2020

Quando falamos de advocacia, palavras como confiabilidade, organização e seriedade vêm à cabeça da maioria das pessoas. Dessa forma, começamos a entender a sensação que a arquitetura de escritórios de advocacia deve passar.


Para conquistar esse posicionamento, o ideal é ter em mente que será um local de importantes tomadas de decisão, que receberá pessoas que buscam soluções para seus problemas e alocará funcionários de diferentes personalidades que passarão grande parte de seu dia naquele ambiente.


A humanização do trabalho também é uma forma de ajudar a entender que tipo de ambientes são essenciais para a produtividade.

Para alcançar esse objetivo, o ambiente tem que ser formal, devem predominar cores escuras e materiais pesados? Ou será possível ter um ambiente mais leve e colorido?


Para responder a essas e outras perguntas, separamos algumas dicas de como alcançar esse ar de sobriedade e confiabilidade sem anular a alegria e a boa energia do lugar. Confira!


1. Prefira as cores neutras

Não que as cores mais densas e despojadas não possam ser usadas. As cores são de extrema importância na produtividade. Entretanto, deixe para utilizá-las nos detalhes como almofadas, quadros, tapetes, capas e até papéis de parede e nos banheiros.

Nas paredes e móveis, prefira as cores neutras. Elas dão a sensação necessária de seriedade e confiança que o cliente precisa ter ao visitar o escritório.


2. Invista na organização

Consegue se imaginar deixando uma grande questão da sua vida na mão de uma pessoa que o receba em um local confuso? Pois bem, projetos de arquitetura em escritórios de advocacia precisam investir em organização.


Para isso, móveis que ajudarão a manter ordenados livros, pastas, documentos e toda a papelada são essenciais. Além de otimizar o trabalho, móveis bem elaborados e com divisões funcionais farão com que o cliente tenha uma visão positiva do escritório.


3. Lembre-se dos funcionários

No geral, o trabalho dos advogados é estressante e denso. Para diminuir a tensão, uma ornamentação com plantas, além de deixar o ambiente mais bonito e agradável, ajuda a melhorar o foco.


Outras formas de aumentar a produtividade são o one space, ou seja, manter advogados nos mesmos espaços para que possam colaborar e conectar-se uns com os outros por meio de uma arquitetura colaborativa. Outra dica são as salas de descompressão, ambientes onde as pessoas podem passar um tempo e relaxar.

No caso dos espaços de descompressão, pode-se utilizar cores mais divertidas, jogos, puffs, tapetes coloridos, redes para descanso, além de disponibilizar livros diversos que não sejam da área do direito. Localizar esse ambiente em meio a uma vista agradável e luminosidade natural também ajuda a aumentar a sensação de bem-estar dos funcionários.


4. Garanta um espaço confortável para o seu cliente

Além da confiabilidade e organização, os clientes devem se sentir amparados no escritório. Para esse fim, é importante preparar um ambiente aconchegante. Para que isso seja possível, pensar na privacidade é definitivo. Garanti-la é possível separando a sala de reunião dos demais cômodos e, no caso de possuir porta ou redomas de vidro, integrar persianas.

Se gostou das nossas dicas e acha que podem ajudar outros amigos que estão na dúvida de projetos de arquitetura de escritórios de advocacia, compartilhe o nosso conteúdo nas redes sociais.

#quadoo #arquiteturacorporativa #blogquadoo